Zapatero diz que UE e zona do euro apoiarão Grécia

Bruxelas, 10 fev (EFE).- O chefe do Governo espanhol e presidente rotativo da União Europeia (UE), José Luis Rodríguez Zapatero, disse hoje que o bloco e os países da zona do euro vão apoiar a Grécia para que o país supere a difícil situação econômica.

EFE |

"É preciso apoiar a Grécia. E tanto a UE quanto a zona do euro o farão", indicou Zapatero em sua chegada a um jantar em Bruxelas organizado pelo Partido Socialista Europeu, prévio à cúpula informal de chefes de Estado e de Governo da UE que será realizada amanhã em Bruxelas.

"Temos que dar uma resposta de unidade, a qual, certamente, a Espanha apoia", acrescentou.

A reunião de amanhã do Conselho Europeu será protagonizada pela difícil situação econômica da Grécia e pelas turbulências que gerou na zona do euro.

Segundo afirmou no início da reunião a responsável de política internacional do PSOE, Elena Valenciano, "este é o momento de a UE demonstrar capacidade para resolver os problemas que afetam um país e que, obviamente, podem acabar afetando toda a zona do euro".

"Não se pode deixar cair nenhum país da zona do euro", insistiu.

Segundo Valenciano, ainda não há uma fórmula de ajuda "nem decidida nem definida", mas a Espanha está decidida que a Europa "tire a Grécia da situação na qual se encontra".

À margem dessa questão, Zapatero também defenderá no encontro uma ação coordenada de todos os membros do bloco para avançar rumo à recuperação econômica, além da necessidade de que os Governos cumpram seus compromissos.

Antes do início do encontro, Zapatero cumprimentou primeiro-ministro grego, Giorgos Papandreu. EFE rja/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG