Zapatero diz que fará tudo para ajudar famílias de vítimas de acidente aéreo

Madri, 20 ago (EFE).- O chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, disse que o Executivo fará todo o esforço para apoiar as famílias das vítimas do acidente com um avião da Spanair ocorrido hoje em Madri, no qual 153 pessoas morreram.

EFE |

Assim como o resto da população, o Governo, disse Zapatero, está comovido e muito abalado por esta "terrível" tragédia.

Zapatero, que suspendeu suas férias assim que tomou conhecimento do ocorrido, seguiu direto para o aeroporto de Barajas, local do acidente, para acompanhar de perto os trabalhos de resgate e de assistência aos feridos e às famílias das vítimas.

Em declarações à imprensa, o chefe do Executivo espanhol primeiro manifestou seu pesar, suas condolências e sua solidariedade aos parentes das vítimas "deste terrível acidente".

Além disso, reconheceu o esforço de "todos" os que trabalharam para fazer frente às conseqüências deste "grande drama", como os agentes da Guarda Civil, do Corpo de Bombeiros, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samur) e das Polícias Nacional e Municipal.

Zapatero disse ainda que uma comissão de investigação seria criada imediatamente pelo Ministério de Fomento para determinar as causas do acidente.

O Governo, acrescentou, "fará todo o esforço" para ajudar as famílias neste "momento tão difícil, como é o de receber uma notícia deste peso".

"Logicamente, o Governo está consternado e abalado, como estão todos os espanhóis", concluiu. EFE xh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG