Madri, 13 out (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, convocou para hoje um Conselho de Ministros extraordinário a fim de aprovar as medidas estipuladas pelos chefes de Estado e do Governo da Eurozona, para enfrentar a crise financeira.

Fontes do Executivo espanhol informaram hoje à Agência Efe da convocação desta reunião extraordinária do Gabinete de Zapatero, que no domingo participou de Paris na reunião convocada pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, a pedido do presidente do Governo espanhol.

Os países do euro decidiram este domingo, em reunião ao mais alto nível, permitir a concessão de ajudas públicas para a recapitalização de seus bancos, a fim de que estes recuperem a liquidez e a força perdidas na crise financeira internacional.

Trata-se da primeira decisão coletiva tomada por países da União Européia, a maioria de cujos mercados financeiros sofreram na semana passada quedas históricas de seus índices, arrastados até níveis historicamente mínimos por uma crise financeira global. EFE bb-ra/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.