O chefe de governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, cometeu um pequeno deslize nesta terça-feira durante uma entrevista à imprensa, que o levou a pronunciar a palavra follar (copular, numa tradução livre) em vez de apoiar, ao anunciar um acordo sobre turismo com a Rússia.

"Há um grande incremento de turistas espanhóis para a Rússia, já trabalhamos com uma cifra de 500.000 turistas, pelo que temos feito um acordo para estimular, favorecer, para "follar"...", disse Zapatero.

Ele se deu conta logo em seguida do erro, acrescentando rapidamente, depois de uma pequena pausa e sem perder a compostura, que o acordo é "para apoiar", palavra que realmente queria pronunciar, esse setor econômico.

O lapso aconteceu durante uma entrevista à imprensa junto com o presidente russo Dimitri Medvedev, em Madri.

gr/esb/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.