Presidente do governo espanhol falou após o anúncio de um ambíguo cessar-fogo por parte do grupo basco

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, declarou nesta terça-feira que a única decisão do ETA que seria considerada válida é o "abandono das armas para sempre", após o anúncio, no domingo, de um ambíguo cessar-fogo por parte do grupo basco.

"Já não valem comunicados, valem apenas decisões e só uma decisão vale, em poucas palavras: o abandono das armas para sempre", disse Zapatero.

Ao movimento independentista basco, que não condena a violência do ETA e quer formar um partido para disputar as eleições bascas de 2011, o presidente indicou que "aqueles que estão na ilegalidade porque não condenam taxativamente a violência estão na mesma situação hoje do que antes do comunicado".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.