Zapatero anuncia fundo bilionário para compra de ativos bancários

Madri, 20 out (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou hoje a aprovação de um crédito extraordinário de 10 bilhões de euros (US$ 13,3 bilhões), ampliáveis para 30 bilhões de euros, para permitir a compra de ativos de entidades financeiras.

EFE |

Em discurso no Parlamento para validar as medidas de apoio aos bancos, Zapatero também antecipou que o Banco Central Europeu (BCE) enviou ao Executivo espanhol um "relatório propício" sobre as medidas.

O chefe de Governo informou que a habilitação dos créditos necessários para completar a dotação máxima do fundo para compra de ativos, de 50 bilhões de euros - será incluída na tramitação parlamentar do orçamento geral do Estado para 2009.

O presidente lembrou que, a partir deste ano, pode-se aprovar até 100 bilhões de euros, embora não concretizou qual será o valor máximo durante 2009.

Segundo Zapatero, além das medidas urgentes tomadas na Espanha e no resto da União Européia (UE) é necessária uma reforma da regulação e da supervisão bancária.

O presidente considerou necessário que se assegure a coordenação dos diferentes supervisores, e neste sentido avaliou positivamente a iniciativa da Comissão Européia de formar um grupo de especialistas que promovam a coordenação em escala continental. EFE eco/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG