Zapatero afirma que Espanha nunca se submeterá ao ETA

O presidente do governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, afirmou nesta segunda-feira que a sociedade nunca se submeterá aos ditados do grupo terrorista ETA, responsável por três atentados durante o fim de semana no norte de Espanha que mataram um militar.

AFP |

"A sociedade responderá como sempre fez (...), perseverando em sua defesa da democracia. A sociedade espanhola nunca cederá, nunca se submeterá aos ditados do grupo terrorista ETA", disse Zapatero em uma declaração institucional lida no palácio de La Moncloa, sede do governo espanhol em Madri.

"A Espanha submeterá aos assassinos o peso da lei e da ação da justiça. Isto é o futuro que espera os que desprezam e atentam contra a vida de seus concidadãos", acrescentou o socialista.

"Hoje o ETA voltou a matar", acrescentou Zapatero, antes de expressar o "mais profundo pesar" à esposa do brigadeiro Luis Conde de la Cruz, que morreu na madrugada desta segunda-feira na explosão de um carro-bomba diante de uma academia militar em Santoña (Cantabria, norte).

As autoridades espanholas atribuíram ao ETA outros dois atentados com carros-bomba executados em 24 horas no fim de semana no País Basco (norte), que deixaram 10 feridos.

pal/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG