Kiev, 23 jan (EFE).- O presidente ucraniano, Viktor Yushchenko, disse hoje que rejeitou as cartas credenciais do novo embaixador russo, já que não inclui o nome do chefe do Estado da Ucrânia, como determina o protocolo.

"Quero saber se essas cartas credenciais são dirigidas ao presidente Leonid Kravchuk (1991-94), a Leonid Kuchma (1994-2004) ou a Viktor Yushchenko", disse Yushchenko, ao canal de televisão "Inter".

O ministro de Assuntos Exteriores ucraniano, Vladimir Ogrizko, disse que Kiev não tem a obrigação de aceitar as cartas credenciais se não estiverem bem redigidas.

"Existe a prática diplomática e se alguém quer, dessa forma, dar algum passo não amistoso, posso garantir que a parte ucraniana não permitirá", disse, segundo as agências ucranianas.

Ogrizko disse que, se a parte russa não reparar o erro, o novo embaixador russo, Mikhail Zurabov, só poderá vir à Ucrânia como cidadão russo, e não como diplomata. EFE bk-io/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.