Yunus-bek Yevkurov é nomeado novo presidente da república da Inguchétia

Moscou, 31 out (EFE).- O Parlamento da Inguchétia nomeou hoje Yunus-bek Yevkurov - cuja candidatura foi promovida pelo presidente russo, Dmitri Medvedev - como novo presidente desta república do Cáucaso norte russo.

EFE |

A candidatura de Yevkurov, militar profissional de 45 anos e que até agora estava afastado da política, foi apoiada por 16 dos 27 deputados do Parlamento, embora somente 18 legisladores tenham participado da sessão, segundo a agência "Interfax".

O chefe do Kremlin aceitou ontem a renúncia do até então presidente Murat Zyazikov, general dos serviços secretos acusado pela oposição de corrupção, nepotismo, abuso de poder e perseguição aos setores opositores e à imprensa independente.

Em troca, Medvedev nomeou Yevkurov - que até agora era chefe adjunto do Estado-Maior da Circunscrição Militar de Volga e Urais - como presidente interino da república.

Segundo a imprensa russa, a destituição de Zyazikov foi recebida com grande festa na república, onde as pessoas saíram às ruas para comemorar a retirada do poder do grupo presidencial.

A Inguchétia e o vizinho Daguestão se tornaram nos últimos anos as duas repúblicas muçulmanas mais instáveis e explosivas do Cáucaso Norte russo.

Estas duas repúblicas, das sete do Cáucaso russo, são cenários freqüentes de ataques e atentados contra policiais e militares que as autoridades atribuem a extremistas islâmicos e às máfias locais.

Yevkurov comandou a unidade de pára-quedistas russos que, em 1999, surpreendeu o mundo ao ser a primeira a entrar no Kosovo e ocupar o aeroporto internacional de Pristina, bem como ao se antecipar às forças de paz dos países ocidentais. EFE se/fh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG