Yanukovich consolida vantagem com mais de 10% das urnas apuradas

KIEV - O líder opositor Viktor Yanukovich consolidou sua vantagem diante da primeira-ministra Yulia Timoshenko com mais de 10% dos votos apurados.

EFE |

A apuração de 11,24% das cédulas atribuiu 52,17% de votos a Yanukovich e 42,6% à primeira-ministra Yulia Timoshenko.


Yanukovich deixa a cabine de votação / AP


Por outro lado, 4,18% não votaram em nenhum dos candidatos, informou a Comissão Eleitoral Central da Ucrânia.

Os resultados das pesquisas boca-de-urna consideraram unanimemente a vitória de Yanukovich, com uma margem entre três e seis pontos percentuais.

Timoshenko, no entanto, não se deu por vencida e quer lutar por cada voto a ser apurado.

"Os resultados das pesquisas a boca-de-urna são somente sociologia. A diferença (a favor de Yanukovich) é da ordem de 3% e está dentro da margem de erro sociológico", disse Timoshenko.

A primeira-ministra ressaltou que ainda é muito cedo para se tirar conclusões. "Tudo dependerá de como nossa equipe defenderá os resultados nas regiões", disse.

Timoshenko pediu aos seus partidários a "defender cada cédula, cada voto, porque um voto pode decidir o destino do país".

O chefe de sua campanha, Alexander Turchinov, disse que exigirá a anulação dos resultados onde tenha ocorrido fraude eleitoral. Ele se referiu em particular aos colégios eleitorais da região de Donetsk, reduto de Yanukovich, onde, segundo os dados da Comissão Eleitoral Central, a participação foi a mais alta do país.

    Leia tudo sobre: ucrânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG