Washington pede extradição de carcereiros das Farc

Os Estados Unidos pedirão nesta quarta-feira à Colômbia a extradição dos dois guerrilheiros das Farc capturados na operação que resgatou 15 reféns, entre eles três americanos, informou nesta terça o comandante das Forças Armadas colombianas, general Freddy Padilla.

AFP |

O general disse à imprensa que o anúncio foi feito pelo embaixador americano em Bogotá, William Brownfield, ao presidente Alvaro Uribe.

Segundo Padilla, o presidente Uribe comunicou ao embaixador que seu governo apoiará o pedido de extradição dos dois guerrilheiros.

"O presidente me autorizou a revelar esta situação e disse que, após o cumprimento de todos os requisitos legais, tem toda a disposição para extraditar 'César' e 'Gafas'".

Na quarta-feira passada, durante a operação de inteligência militar que resgatou os 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), foram capturados os guerrilheiros Gerardo Antonio Aguilar ("César") e Alexander Farfán ("Enrique Gafas"), que eram carcereiros dos seqüestrados.

A operação resgatou os americanos Marc Gonsalves, Thomas Howes e Keith Stansell, a franco-colombiana Ingrid Betancourt e 11 militares e policiais colombianos, alguns com mais de dez anos de cativeiro.

Os três americanos estavam em poder das Farc desde fevereiro de 2003, quando seu avião, que realizava uma operação contra plantações de coca, caiu na selva.

pro/LR/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG