Washington estuda abrir seção de interesses dos EUA em Teerã

Os Estados Unidos analisam abrir uma seção de interesses americanos em Teerã, similar a que funciona em Cuba desde 1977, informou nesta segunda-feira uma fonte do departamento de Estado.

AFP |

"Isto está em discussão", disse um funcionário do departamento de Estado, que pediu para não ser identificado.

Segundo o jornal Washington Post, o governo americano analisa a criação deste escritório em Teerã, o que permitiria uma presença no Irã sem a necessidade da retomada formal das relações diplomáticas, interrompidas desde 1980.

O Washington Post afirma que uma decisão neste sentido poderá ocorrer nas próximas semanas.

Ao ser perguntada sobre o tema, a secretária americana de Estado, Condoleezza Rice, admitiu que "os Estados Unidos procuram há algum tempo um modo de manter contato com os iranianos. Temos um local em Dubai onde podem obter vistos, mas sabemos que os iranianos têm problemas para ir a Dubai".

"Queremos que mais iranianos visitem os Estados Unidos. Estamos decididos a encontrar um modo de estender a mão aos iranianos".

Leia mais sobre: Irã

    Leia tudo sobre: iraira!irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG