Os Estados Unidos pretendem negociar com alguns elementos dos talibãs no Afeganistão, que estariam dispostos a renunciar à violência e a respeitar a Constituição afegã, revelou uma autoridade do Departamento de Estado.

"Dentro de nossa nova estratégia, tentamos ver se tem sentido travar um diálogo", disse essa fonte aos jornalistas, pedindo para ter sua identidade preservada.

"Se as pessoas estiverem dispostas a renunciar à violência, a abandonar suas armas (...) isso tem sentido", completou.

"Se abandonarem suas armas, renunciarem à violência, jurarem lealdade à Constituição afegã e fizerem parte do processo político, em vez de obstaculizá-lo", acrescentou.

sl/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.