Washington: Carter se expôs à exploração da Síria

O encontro entre Jimmy Carter e o chefe no exílio do movimento radical islâmico Hamas, Khaled Mechaal, nesta sexta-feira em Damasco, expôs o ex-presidente americano à exploração da Síria, disse em Washington o porta-voz do departamento de Estado, Sean McCormack.

AFP |

"Suponho que é o risco que se corre quando se decide por uma reunião com alguém como Khaled Mechaal na Síria (...) Você se expõe a ser explorado pelo governo sírio com este tipo de encontro", destacou McCormack em uma entrevista.

O encontro entre Carter e Mechaal em Damasco enfrentou uma forte oposição de Israel, Estados Unidos e União Européia, que consideram o Hamas uma organização terrorista, apesar do grupo vencer as eleições parlamentares palestinas de 2006.

Carter chegou nesta sexta-feira a Damasco para a última etapa de seu giro pelo Oriente Médio para promover o processo de paz entre israelenses e palestinos.

sl/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG