Vulcão volta a entrar em erupção na Indonésia

Merapi provoca densa nuvem de cinzas na ilha de Java e aumenta número de refugiados para quase 70 mil

Reuters |

O vulcão Merapi, na Indonésia, entrou em erupção nesta segunda-feira pela terceira vez em uma semana, aumentando o número de refugiados para quase 70 mil, disseram autoridades.

A nova erupção do monte Merapi provocou uma densa nuvem de cinzas de cerca de 1,5 quilômetros acima do vulcão, que fica próximo à cidade de Yogyakarta, na Java Central. Moradores em pânico fugiram dos vilarejos nas encostas da montanha, buscando abrigos de segurança.

A Agência Nacional para Mitigação de Desastres disse que 38 pessoas morreram e 69.533 foram retiradas de suas casas desde que o Merapi entrou em erupção pela primeira vez, na semana passada. A agência de vulcanologia da Indonésia alertou que voos próximos de Yogyakarta poderiam ser interrompidos.

Cientistas também estão monitorando um aumento em atividade de dois outros vulcões, o monte Anak Krakatau, no estreito de Sunda, e o monte Sinabung, na Sumatra do Norte, disse uma funcionário da agência oficial de vulcanologia.

A terceira erupção do Merapi ocorre no momento em que autoridades indonésias estão tentando distribuir ajuda humanitária às ilhas remotas de Mentawai, na província de Sumatra, onde um terremoto de magnitude 7,5 causou um tsunami na semana passada.

O tsunami matou 431 pessoas e outras 88 ainda estão desaparecidas, de acordo com a Agência Nacional para Mitigação de Desastres.

    Leia tudo sobre: indonésiavulcãotsunamiterremotodesastres naturais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG