Vulcão provoca retirada de milhares na Colômbia

Cerca de oito mil pessoas deixam região sul do país por causa de erupção do vulcão Galeras

iG São Paulo |

O vulcão Galeras, no sul da Colômbia, entrou em erupção na quarta-feira, forçando a retirada de milhares de moradores da região, segundo o Instituto Nacional de Geologia. Cerca de 8 mil pessoas tiveram de ser retidadas da região.

A erupção começou às 4h (5h em Brasília), segundo nota oficial. Em 2009, esse mesmo vulcão havia tido dez erupções. "O nível atual na atividade vulcânica do Galeras muda para o nível vermelho, o que significa uma erupção iminente ou em curso," disse a nota.

Por causa de recentes sismos na região, as autoridades já haviam elevado o nível de alerta e orientado a população a se mudar para abrigos provisórios. Desde 2005 o governo vem tentando retirar definitivamente a população da zona, por temer uma erupção de grandes proporções. Os habitantes da região se negam a sair.

Segundo Martha Calvache, diretora do instituto, o vulcão "está soltando cinzas e foi detectada lava na cratera, além de um rastro de calor". "Não há uma grande coluna de erupção nem uma onda de choque, mas de modo algum isso pode nos levar a pensar que não há nada acontecendo", afirmou.

Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: colômbiavulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG