Vulcão Llaima se reativa e solta lava de sua cratera

Santiago do Chile, 27 jul (EFE).- Com fortes explosões, emanações de lava e a expulsão de uma coluna de cinzas de 7 quilômetros de altura recomeçou o processo de erupção do vulcão Llaima na região da Araucanía, a 700 quilômetros da capital chilena, informaram hoje autoridades regionais.

EFE |

O diretor do Escritório Nacional de Emergência da Araucanía, Juan Cayupi, informou que nas últimas horas do último sábado aconteceram na cratera do Llaima explosões e emissões de material piroclástico, "o que faz com que se mantenham ativas todas as operações de emergência diante de uma eventual evacuação de pessoas das regiões de maior risco", declarou.

Cayupi acrescentou que a lava desceu pelo lado sudoeste do maciço, o que aumenta o perigo de inundações de rochas e pedras.

Por este motivo, pessoas que moram nas áreas que fazem limite com os rios Calbuco e Lan Lan - sobre os quais a lava poderia descer - tiveram que ser evacuados há um mês de suas casas, depois que foi decretado alerta vermelha para a região.

A situação preocupou as autoridades regionais e especialistas do Serviço Nacional de Geologia e Mineração (Sernageomin), que se transferiram para o local. EFE mw/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG