Vulcão Llaima entra em erupção no Chile

Santiago do Chile - O vulcão Llaima, que fica cerca de 600 quilômetros ao sul de Santiago, voltou a entrar em erupção na noite da sexta-feira, o que obrigou à retirada de três pessoas e à ativação dos comitês de emergência municipal e regional, informa neste sábado a imprensa local.

EFE |

O vulcão, que há seis meses não apresentava nenhuma atividade, registra explosões constantes de material incandescente que se elevam até 600 metros de altura sobre a cratera, de 3.210 metros de altitude.

A lava é um dos principais perigos, devido ao derretimento da neve e a possível formação de avalanches vulcânicas e lahar, que são deslizamentos de barro, resultado da mistura de cinza vulcânica e escombros com água.

Até agora, só há três pessoas evacuadas de um centro de esqui e se estima que, nas próximas horas, serão desalojadas outras 14 que estão no Parque Nacional Conguillío, em cujo interior fica o vulcão.

O Comitê Regional de Emergência manterá hoje, em Temuco, capital de La Araucanía, uma reunião para avaliar a situação, decretar alerta amarelo ou vermelho e decidir se ordena a evacuação da população próxima.

Leia mais sobre: vulcão

    Leia tudo sobre: vulcão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG