Vulcão deixa ao menos 122 mortos na Indonésia

Número de mortos continua subindo na ilha de Java, onde 150 mil tiveram de deixar suas casas; na quinta-feira, mortos eram 44

iG São Paulo |

Subiu para 122 o número de mortes causadas pelo vulcão Merapi, na Indonésia, que entrou em erupção na semana passada. Mais de 150 mil pessoas tiveram de deixar suas casas na ilha de Java por causa do vulcão.

Na tarde de quinta-feira, autoridades informaram que 44 pessoas tinham morrido. Porém, na manhã de sexta-feira outras 78 mortes foram registradas. A regição de Yogyakarta está coberta por cinzas.

Pelo menos 58 corpos queimados foram levados ao hospital Sardjito, de Yogyakarta, nesta sexta-feira, segundo informou o médico Rizal, de uma unidade policial de identificação, citado pela Metro TV, uma emissora local.

"É possível que a cifra de mortos aumente à medida que continuarmos as buscas por mais vítimas", disse o dr. Rizal, que, como a maioria dos indonésios, só usa um nome. Cerca de 200 pessoas ficaram feridas desde o início das erupções, segundo as autoridades indonésias.

O aeroporto internacional de Yogyakarta está fechado e os voos foram desviados para a cidade próxima de Solo. "Está muito pior do que no passado. Não podemos prever o comportamento do vulcão", disse o principal vulcanologista do Paes, Surono.

You need to upgrade your Flash Player

Com Reuters

    Leia tudo sobre: indonésiavulcãomonte merapi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG