Vulcão colombiano Galeras volta a entrar em erupção

Bogotá, 7 jun (EFE).- O vulcão Galeras, situado no departamento colombiano de Nariño, na fronteira com o Equador, entrou em erupção hoje, sem que haja informações, por enquanto, sobre vítimas ou danos materiais.

EFE |

De acordo com um boletim do Observatório Vulcanológico e Sismológico de Pasto, a capital departamental, "foi registrada uma erupção do vulcão Galeras de caráter explosivo".

O comunicado acrescentou que o evento ocorreu às 7h18 (9h18 de Brasília) e que, como consequência, o nível da atividade vulcânica do Galeras mudou para vermelho, o que significa uma erupção iminente ou em andamento.

De acordo com rádios locais, a erupção não há informações de pessoas afetadas ou danos materiais. No entanto, o Comitê de Emergência de Nariño se reunirá para adotar as medidas de emergência necessárias frente a este novo alerta.

O Galeras, situado a cerca de 700 quilômetros de Bogotá e com uma altitude de 4.276 metros acima do nível do mar, reativou-se em 2004 e, desde então, registrou várias eruções, sem consequências graves.

Nos arredores deste vulcão, vivem cerca de 8 mil pessoas, na zona rural de Pasto e nas localidades de Sandoná, Nariño, Yacuanquer, Consacá e Genoy.

O Galeras, um dos 38 vulcões existentes na Colômbia e um dos 15 que estão ativos, entrou em atividade em 1988 e, desde então, registrou cerca de dez eruções.

A última foi em abril, quando houve uma chuva de cinzas sobre Pasto e localidades próximas, por isso a população da área de risco foi evacuada.

A erupção mais grave foi em 15 de janeiro de 1993 e matou nove pessoas, entre elas seis especialistas estrangeiros que participavam de um congresso mundial de vulcanologia e faziam uma observação científica. EFE ocm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG