Voluntários franceses são seqüestrados no centro do Afeganistão

Cabul, 19 jul (EFE).- Dois voluntários franceses membros da ONG Action Contre la Faim foram seqüestrados por homens armados na província afegã de Daikundi, informou hoje à Efe uma fonte policial.

EFE |

Um grupo de homens não identificados entrou ontem à noite na residência dos voluntários em Neli, capital de Daikundi, situada cerca de 310 quilômetros de Cabul, e tomaram como reféns os dois franceses, segundo o chefe policial da região, Mohammad Nadir.

Os seqüestradores prenderam os guardas que custodiavam a residência e colocaram os voluntários em seus veículos, segundo Nadir.

Esta versão coincide com a apresentada pela ONG em seu site, que acrescenta que comitês de crise já foram formados, tanto em Paris quanto em Cabul, para conseguir a libertação dos reféns.

A ACF, que presta socorro à população afegã em risco de desnutrição, anunciou a interrupção de suas atividades humanitárias, que no ano passado beneficiaram mais de 130 mil pessoas, segundo dados da própria ONG.

Há um ano, 23 missionários sul-coreanos foram seqüestrados na província central de Ghazni, dos quais dois foram assassinados, e os outros terminaram sendo libertados. EFE nh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG