Volta de Pyongyang a diálogo nuclear leva enviado dos EUA a Seul

SEUL - O enviado especial dos Estados Unidos para a Coreia do Norte, Stephen Bosworth, chegou nesta sexta-feiar a Seul para falar do retorno da Coreia do Norte às negociações multilaterais para a desnuclearização do regime comunista, informou a agência Yonhap.

Redação com agências internacionais |

Bosworth, que dentro de dois dias viajará a Tóquio, na última escala de sua viagem pela Ásia, não quis fazer declarações em sua chegada ao aeroporto de Seul. "Falarei no domingo", limitou-se a dizer.

A visita do americano à Coreia do Sul, que antes passou por Pequim, coincide com o anúncio de Pyongyang de que avança o processo de enriquecimento de urânio para a fabricação de armas atômicas na Coreia do Norte.

Antes de viajar para Seul, o enviado especial dos Estados Unidos disse na China que, "qualquer coisa que a Coreia do Norte faça no âmbito do desenvolvimento nuclear, representa uma preocupação para nós".

A última vez que Bosworth, ex-embaixador americano em Seul, visitou a capital sul-coreana foi em março deste ano. Na ocasião, ele se reuniu com os enviados russo e sul-coreano para a Coreia do Norte.

Leia mais sobre Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG