Berlim, 25 set (EFE).- O vocalista e líder da banda alemã Tokio Hotel, Bill Kaulitz, lamenta o fato de não beijar uma menina há mais de três anos, publicou a atual edição da revista Bravo.

"Isso me entristece totalmente. Tenho 19 anos e sinto muita saudade", diz o ídolo de adolescentes de todo o mundo, famoso por maquiar os olhos, pintar as unhas de preto e ter o cabelo encrespado.

O jovem, que já havia declarado à revista seis meses antes que estava há dois anos sem namorar, admite que não teve sorte desde então. Bill diz que não consegue manter um relacionamento fixo.

Aparentemente, seu êxito mundial como cantor - seu grupo ganhou o prêmio principal do MTV Video Music Awards para uma banda alemã - não contribuiu para melhorar sua situação pessoal e ele diz se sentir "sozinho".

"Gostaria de ter uma namorada com quem compartilhar minha vida", diz Bill, que afirma que a companhia de Tom, seu irmão gêmeo e co-fundador da banda, não consegue tirá-lo da melancolia.

Bill e Tom fundaram a banda Devilish (Diabólico), em 2001, com Gustav Schäfer e Georg Listing, mas trocaram o nome da mesma para Tokio Hotel em 2003.

Os quatro jovens são muito conhecidos na Alemanha desde que lançaram seu primeiro disco, "Schrei" (Grito), em 2005, que chegou no ano passado ao mercado internacional, enquanto nos países de língua alemã colocaram seu segundo trabalho, "Zimmer 483" (Quarto 483), entre os discos mais vendidos.

Tokio Hotel, que atuou em junho no Rock in Rio Madri, tocará no MTV América Latina, que será realizado em 16 de outubro na cidade mexicana de Guadalajara. EFE nvm/fh/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.