Vladimir Putin sugere para opositor cargo em seu gabinete

Presidente eleito na Rússia diz que magnata Mikhail Prokhorov, que ficou em terceiro lugar na eleição, poderia ser útil ao governo

iG São Paulo |

O presidente eleito da Rússia, Vladimir Putin, sugeriu nesta quarta-feira que o magnata russo Mikhail Prokhorov, que ficou em terceiro lugar nas eleições presidenciais de domingo, possa participar de seu governo.

Contra vitória: Polícia de Moscou liberta opositores detidos em protesto

AP
Mikhail Prokhorov em meio a partidário em protesto no centro de Moscou (5/3)
"Mikhail Prokhorov é um homem sério, um bom empresário. A princípio, poderia ser útil ao governo, se ele quiser", declarou Putin.

Prokhorov, um dos homens mais ricos da Rússia, iniciou sua carreira política no último ano e conseguiu atingir o terceiro lugar nas eleições de domingo graças à campanha marcada por um discurso de transparência política e reforma econômica.

Supostas fraudes: Observadores internacionais denunciam irregularidades em eleição

Prokhorov, cuja campanha ganhou força nos últimos meses, recebeu cerca de 7,98% dos votos, de acordo com números oficiais, especialmente de residentes em Moscou.

Críticas

Depois de ser o único candidato liberal nas eleições, após a desqualificação do liberal veterano Grigory Yavlinsky, Prokhorov enfrentou duras críticas de que sua participação na disputa presidencial havia sido arquitetada dentro do próprio Kremlin.

O magnata russo, no entanto, negou veemente que buscava um posto no gabinete de Putin. Além disso, na segunda-feira ele disse que trabalhar em qualquer instância do governo não seria “interessante no atual sistema político” do monopólio do Kremlin.

“Não acredito que as pesquisas podem ser consideradas justas em meio a tantas violações”, escreveu Prokhorov em seu blog na segunda-feira.

Ainda assim, analistas o veem entre os políticos do potencial círculo de Putin, ao lado de Alexei Kudrin, ministro das Finanças que foi demitido no ano passado.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: rússiaputineleiçõeseleição rússia 2012prokhorov

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG