Vladimir Putin faz visita surpresa à Chechênia

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, fez uma visita surpresa à Chechênia, uma turbulenta república russa do Cáucaso palco de constantes rebeliões islamitas e separatistas, informaram nesta segunda-feira as agências de notícias russas.

AFP |

Putin falou com o polêmico presidente checheno Ramzan Kadyrov sobre os problemas sócio-econômicos da república, informaram as agências russas, sem dizer se conversaram sobre as condições de segurança na Chechênia.

Putin também visitou o túmulo do pai de Razman Kadyrov, o ex-presidente checheno Ajmad Kadyrov, assassinado em maio de 2004 em um atentado em Grozny, a capital da república.

Por enquanto, não há mais informações sobre a visita.

Embora em abril passado o governo tenha dado por encerrada a "operação antiterrorista", que durou quase uma década na Chechênia, a violência que opõe a rebelião islamita às forças de ordem continua.

O último episódio aconteceu sexta-feira passada com dois atentados suicidas em Grozny que provocaram a morte de quatro policiais.

A segurança no Cáucaso piorou nos últimos meses, especialmente no Daguestão e na Inguschétia, onde outro atentado suicida contra o quartel general da polícia matou 24 pessoas em 17 de agosto.

Ramzan Kadyrov vem sendo cada vez mais criticado desde julho por organizações humanitárias após a moirte de dois ativistas.

A Chechênia ficou ensanguentada por dois conflitos sucessivos após a queda da União Soviética.

alf/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG