A diferença entre o Kadima (centro-direita), de Tzipi Livni, e o Likud (direita), de Benjamin Netanyahu, passou a ser de dois assentos, após a apuração de 91% dos votos, na madrugada desta quarta.

Com base nesses resultados quase totais da apuração, as projeções davam 29 deputados para o Kadima e 27, para o Likud.

O partido laico de extrema-direita Israel Beiteinu, de Avigdor Lieberman, obtinha 15 mandatos, e o Partido Trabalhista (centro-esquerda), apenas 13, contra suas atuais 19.

ms/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.