278 pessoas morreram e mais de 17 mil ficaram desabrigadas após o tremor. " / 278 pessoas morreram e mais de 17 mil ficaram desabrigadas após o tremor. " /

Vítimas de terremoto na Itália denunciam cobrança de hipotecas

ROMA - As vítimas do terremoto que castigou na segunda-feira a região de Abruzzo, no centro da Itália, denunciaram que os bancos estão reivindicando os pagamentos das hipotecas e das prestações de casas que desabaram, publica hoje o jornal La Repubblica. No total, http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/09/mortos+por+terremoto+na+italia+ja+sao+278+tremores+continuam+5436975.html target=_top278 pessoas morreram e mais de 17 mil ficaram desabrigadas após o tremor.

EFE |

Alguns dos cidadãos de L'Aquila e de outras localidades atingidas que ficaram sem casa denunciaram que os bancos estão lhes "assediando" com ligações telefônicas para lembrá-los dos dias em que devem quitar o prazo das hipotecas.

O jornal se refere ao caso de Loreto Antonini, um operário cuja filha morreu no terremoto e que agora está em um dos campos para desabrigados da localidade de Tempera (a 7 quilômetros de L'Aquila).

Antonini afirma que só lhe restam "cinco euros", já que está desempregado, e um funcionário de seu banco o telefonou para lembrá-lo do prazo de sua hipoteca, que vence na sexta-feira.

Francesco Colajanni, taxista de Onna, uma das localidades mais atingidas pelo terremoto, afirma que o banco os "fez entender que estão dispostos a embargar inclusive os escombros".

Conta também que, nas localidades próximas de Paganica e Monticchio, "há artesãos que pediram hipotecas para comprar maquinaria e que desde ontem estão sendo perseguidos por bancos, seguradoras e provedores para lembrá-los do vencimento".

Além disso, segundo o "La Repubblica", nos últimos dias, houve vários casos de pessoas que estão vendendo mercadorias no mercado negro, como carne a 80 euros por quilo e gasolina a 5 euros por litro.

Em L'Aquila, há apenas uma caixa eletrônico que distribui dinheiro, e a espera para poder usá-lo supera as duas horas.


Epicentro do terremoto foi em L'Aquila, no centro da Itália


Clique para ver o infográfico

Leia também:


Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG