Vítimas de incêndio em boate dos EUA recebem US$ 20 milhões

Washington, 18 ago (EFE).- O estado de Rhode Island e a cidade de West Warwick aceitaram hoje pagar uma indenização de US$ 20 milhões às vítimas de um incêndio ocorrido em uma discoteca na região, que causou 100 mortes e deixou 200 feridos.

EFE |

Segundo informa a imprensa local, este acordo é a última etapa de uma série de resoluções que já chegam, em indenizações, a US$ 175 milhões.

Em fevereiro de 2003, a discoteca The Station pegou fogo durante um show como conseqüência de fogos de artifício usados no espetáculo.

O ex-agente do grupo de rock que atuava essa noite, Daniel Biechele, foi condenado em 2006 a quatro anos de prisão, acusado de ser o responsável pelos fogos de artifício.

Segundo as vítimas, a platéia do show excedia em muito a capacidade da discoteca, que era de 300 pessoas.

O mais trágico incêndio em uma discoteca ou casa de show americana ocorreu em 28 de novembro de 1942, quando 491 pessoas morreram na Coconut Grove, em Boston. EFE ag/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG