Vítimas de atropelamento ganham US$ 6 milhões na Califórnia

As vítimas de um acidente de carro em uma feira de rua, em Santa Mônica (Califórnia, oeste dos EUA), em 2003, conseguiram selar, nesta quarta, um acordo de US$ 6 milhões por danos, anunciaram os advogados.

AFP |

O acidente, que deixou 10 mortos e mais de 60 feridos, foi causado, em 16 de julho de 2003, por um senhor de 86 anos que confundiu o freio com o acelerador em um mercado de rua, onde dezenas de pessoas faziam suas compras, no exclusivo balneário de Santa Mônica.

O acordo foi fechado pouco antes de ser aberto um processo por indenizações pela morte e danos físicos, reivindicadas pelas vítimas, contra a empresa Bayside City Corp, a cidade de Santa Mônica e o atrapalhado motorista, George Weller.

Essas demandas eram as únicas que continuavam pendentes por esse caso.

O acordo de hoje será pago pela Bayside District Corp e pelas autoridades de Santa Mônica.

Weller foi declarado culpado, em 2006, mas recebeu uma sentença de liberdade condicional em todas as acusações, depois que um juiz determinou que estava muito doente para enfrentar a condenação atrás das grades.

pb/tt/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG