As vítimas do conto-do-vigário passado por Bernard Madoff vão saber nesta quarta-feira onde está o dinheiro que deixaram com o antigo financista de Wall Street que caiu em desgraça, anunciaram fontes judiciais nesta terça-feira.

Uma corte federal de Nova York informou que havia ordenado este mês a Madoff, de 70 anos, apresentar o mais tardar em 31 de dezembro um informe completo sobre seus bens à comissão reguladora da bolsa americana (SEC).

De acordo com a ordem judicial, Madoff terá que entregar uma lista de "contas bancárias, de investimentos, juros, empréstimos, assim como linhas de crédito e propriedades".

Madoff está sob detenção domiciliar em seu apartamento de Manhattan, depois de pagar fiança de 10 milhões de dólares.

Estão entre suas vítimas bancos, investidores privados, universidades, organizações beneficentes e entidades judaicas.

sms/ltl/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.