Vitamina B não reduz os riscos de doenças coronárias, diz estudo

Washington, 19 ago (EFE) - O consumo de vitamina B e ácido fólico não contribui para reduzir os níveis da homocisteína, um aminoácido relacionado às doenças do coração, como descobriu uma equipe de pesquisa norueguesa.

EFE |

O estudo que foi publicado hoje no "Journal of the American Medical Association" foi o último de vários testes para demonstrar que a redução da homocisteína através de um tratamento de vitaminas não oferece benefícios às pessoas com problemas do coração.

Vários estudos epidemiológicos tinham demonstrado que os altos níveis de homocisteína no sangue estão relacionados com um maior risco de doenças cardiovasculares.

No entanto, a diminuição da homocisteína por meio de dieta que aumente o consumo de produtos ricos em vitamina B ou ácido fólico não é a solução como comprovaram estes pesquisadores.

"Nossos resultados não apóiam o uso de vitaminas do grupo B como prevenção para pacientes com doenças arteriais e coronárias", disse a doutora Marta Ebbing do Hospital Universitário Haukeland de Bergen (Noruega).

Segundo os cientistas, este resultado mostra que a homocisteína pode ser um marcador de risco cardíaco, e não uma causa.

O estudo analisou 3096 pacientes com doenças arteriais em dois hospitais da Noruega entre 1999 e 2006, que estavam recebendo tratamento para desbloquear os coágulos de sangue que dificultam o fluxo de sangue para o coração.

Os pesquisadores dividiram os pacientes em quatro grupos e fizeram testes com diferentes combinações das vitaminas B6 e B12 com ou sem ácido fólico (outro tipo de vitamina B).

Foi realizado um acompanhamento com visitas periódicas e análise mensal, ao longo do ano e no final do tratamento.

O estudo indica que foi detectada uma menor quantidade de doenças cerebrovasculares e um maior risco de câncer nos grupos que recebiam ácido fólico, mas declararam que os números analisados não foram estatisticamente significativos. EFE elv/bm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG