Visita de Merkel aos EUA pode aumentar apoio em casa

BERLIM (Reuters) - A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende estender sua vista aos Estados Unidos em abril, na qual participará de uma cúpula internacional sobre a não-proliferação nuclear, informou o governo neste domingo. Merkel havia concordado em princípio em comparecer na Cúpula de Segurança Nuclear em Washington entre os dias 12 e 13 de abril, e recebida pelo presidente Barack Obama, segundo porta-voz do governo.

Reuters |

A mídia alemã disse que a visita, que acontecerá apenas algumas semanas antes de um importante teste eleitoral para a coalizão de centro-direita de Merkel, poderia incluir uma passagem pela Califórnia.

No dia 9 de maio, eleitores vão às urnas em Reno-Vestfália do Norte, o mais populoso dos 16 estados alemães, com cerca de 18 milhões de habitantes. A coalizão de Merkel deve manter controle desse estado para defender o controle da câmara alta do parlamento.

Gerd Langguth, autor de biografia de Merkel e cientista político na Universidade de Bonn, disse que a visita aos EUA poderia ajudar a chanceler a aumentar seu apoio antes das eleições naquele estado.

"Aparecer em público com Obama será bom para ela na Alemanha", disse Langguth.

(Reportagem de Dave Graham)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG