Um vírus perigoso até agora desconhecido, similar ao ebola, que pode provocar hemorragias generalizadas, foi detectado ano passado na África do Sul, revela um estudo apresentado por um cientista sul-africano em São Francisco, Estados Unidos.

A primeira pessoa afetada por este vírus foi uma guia turística de Lusaka (Zâmbia), que foi levada de avião para um hospital de Johannesburgo depois de um agravamento de seu estado.

A doença infectou quatro trabalhadores da área da saúde. Quatro dos cinco casos conhecidos terminaram em mortes, segundo o estudo.

O quadro começa com febre, dores musculares, brotoejas e diarreia, que podem derivar em uma falência do fígado e estado de choque.

A descoberta foi apresentada pelo cientista Nivesh Sewlall, da Universidade de Witwatersrand (Johannesburgo), no Congresso Interdiciplinar de Agentes Antimicrobianos e de Quimioterapia.

js/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.