Vírus da gripe não mostra sinais de mutação, diz CDC

Washington, 23 jul (EFE).- O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) afirmou hoje que, por enquanto, não há indícios de mutação do vírus A (H1N1), embora a gripe suína esteja se expandindo rapidamente pelo mundo.

EFE |

A especialista Nancy Cox, do CDC, disse que é "bastante surpreendente" que tenham surgido mais variações genéticas do vírus, que contagiou já mais de 40 mil pessoas nos Estados Unidos, e causou 263 mortes no país.

Já em relação aos estudos sobre a doença, Cox explicou que os testes do CDC confirmaram que as pessoas que receberam a vacina estacional no passado têm pouca ou nenhuma imunidade contra o A (H1N1).

Por outro lado, a análise mostra que este vírus pode ser tratado com os antigripais Tamiflu e Relenza. Além disso, a especialista afirmou que o A (H1N1) ainda não se adaptou completamente aos humanos. EFE cai/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG