O multimilionário britânico Richard Branson e o engenheiro Burt Rutan apresentaram nesta segunda-feira, no deserto do Mojave, Califórnia, o modelo de sua nave espacial comercial que em 2010 deve lançar os primeiros vôos turísticos fora da atmosfera da Terra.

Branson e o engenheiro aeroespacial americano Burt Rutan apresentaram sua nave desenhada aos turistas endinheirados, um projeto batizado inicialmente de "WhiteKnightTwo" (WK2) e que agora terá o nome de "Eve", em homenagem à mãe do empresário britânico.

A apresentação acontece um ano depois de um acidente fatal no local de provas de Rutan, que lhe custou a vida de três técnicos nesse encrave desértico 150 km ao norte de Los Angeles, onde se encontra e empresa do engenheiro, a Scaled Composites.

A WK2 mede 43 metros e poderá voar a uma altura de 50.000 pés (15,2 km).

Os vôos orbitais alcançarão 110 km de altitude, ou seja, fora da atmosfera, onde os turistas poderão experimentar cinco minutos de vida sem a força da gravidade, em uma cabine espaçosa e com janelas circulares na parte superior da nave.

A Virgin Galactic acredita que o WK2 realizará seu primeiro vôo de teste no final de 2008.

Uma vez em funcionamento, os vôos custarão 200.000 dólares por uma experiência total de não mais de duas horas e menos de 10 minutos em órbita.

pb/aic/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.