Violência persiste em Gaza a poucas horas da trégua entre Israel e Hamas

Jerusalém, 18 jun (EFE).- Com a proximidade do início da trégua acordada entre Israel e o Hamas, a violência em Gaza continuava hoje a um ritmo superior ao de dias anteriores, informaram fontes israelenses e palestinas.

EFE |

As várias milícias palestinas "lançaram hoje 30 foguetes artesanais e dez bombas da Faixa", disse à Agência Efe um porta-voz do Exército israelense.

Um dos foguetes caiu na cidade israelense de Sderot, causando danos materiais, porém sem deixar vítimas.

Ao mesmo tempo, cinco palestinos ficaram feridos em dois ataques da Força Aérea israelense contra milicianos que disparavam foguetes, declarou Muawiya Hassanein, chefe do serviço de urgências do Ministério da Saúde na Faixa de Gaza.

Dois dos cinco feridos, membros dos Comitês Populares de Resistência, estão em estado grave, segundo o porta-voz israelense.

Os Comitês disseram que os cinco foram surpreendidos pela Força Aérea de Israel enquanto disparavam foguetes.

A Jihad Islâmica também confirmou ter disparado hoje pelo menos 20 foguetes contra Israel.

A trégua, mediada pelo Egito e que a princípio durará seis meses, está prevista para começar amanhã às 6h hora local (0h em Brasília).

Perguntado pela Efe sobre as medidas que serão tomadas, o porta-voz militar israelense disse que "o Exército está preparado como sempre. Não acontece nada fora do comum".

Em Israel, a entrada em vigor da trégua é vista com incredulidade, e o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, reconheceu hoje que "a calma é frágil".

"Não estamos nos iludindo, a calma é temporária e pode ser muito curta", disse Olmert.

A declaração da trégua, a segunda na região desde que Israel se retirou de Gaza em 2005, também inclui medidas israelenses para suavizar o isolamento da Faixa, onde vivem cerca de 1,5 milhão de palestinos.

"Israel começará a aliviar o bloqueio imposto a Gaza há um ano", explicou Fawzi Barhum, porta-voz do Hamas, sem dar mais detalhes.

EFE elb/wr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG