Violência no Sri Lanka preocupa senadores americanos

Dois senadores americanos pediram, nesta segunda-feira, ao governo do Sri Lanka e aos rebeldes Tigres Tâmeis que protejam os civis e facilitem o acesso à ajuda humanitária nas áreas afetadas pelo conflito.

AFP |

O presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, o democrata John Kerry, e o republicano Richard Lugar disseram estar "muito preocupados com a deteriorada situação humanitária" no Sri Lanka.

"Pedimos ao governo do Sri Lanka e aos Tigres de Libertação de Eelam Tâmeis que dêem, de imediato, todos os passos necessários para proteger os civis e facilitar o acesso para a ajuda humanitária", declararam em um comunicado conjunto.

Kerry e Lugar anunciaram que estão "profundamente preocupados" com as recentes ameaças do governo de expulsar todas as agências de ajuda humanitária, diplomatas e jornalistas estrangeiros, alegando que apóiam os rebeldes.

"Juntos, pedimos ao governo do Sri Lanka que proteja todos seus cidadãos e faça investigações completas, rápidas e críveis sobre os ataques a jornalistas e outros civis", acrescentaram os senadores.

ok/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG