No total 42 pessoas morreram no Líbano e 164 ficaram feridas durante os cinco dias de confrontos violentos entre partidários da maioria anti-síria e da oposição, apoiada por Damasco e Teerã, segundo os serviços de segurança libaneses.

"Desde que a violência começou, 42 pessoas morreram e 164 ficaram feridas em todo o país", disse à AFP uma autoridade dos serviços de segurança, que solicitou o anonimato, ressaltando que este registro poderá aumentar após os últimos combates nas áreas de maioria drusa a sudeste de Beirute.

Em um registro anterior, o número de vítimas chegava a 35.

Os combates entre os militantes da maioria parlamentar libanesa, apoiada pelo Ocidente, e a oposição liderada pelo Hezbollah começaram na quarta-feira em Beirute, para se estenderem mais tarde a outras regiões do país.

Várias estradas permanecem bloqueadas por um ou outro grupo e o aeroporto internacional de Beirute continua paralisado.

ra/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.