Sete lojas e vários carros foram incendiados na madrugada desta sexta em Firminy, cidade do centro leste da França e cenário pela terceira noite consecutiva de violências depois da morte de um jovem em uma delegacia.

Mohamed Benmouna morreu depois de se enforcar numa cela de uma delegacia, onde estava preso por causa de um caso de extorsão, informou a promotoria.

Esta versão foi questionada pelos moradores do bairro onde vivia o falecido, segundo os quais a morte teria sido causada pelos policiais e não foi um suicídio.

A família da vítima prestou queixa e exibiu a investigação do caso.

Segundo a necropsia, o jovem foi asfixiado por uma corda ao redor do pescoço e não foram encontrados outros sinais de violência na cela.

Várias patrulhas da polícia e dos bombeiros foram atacados durante a madrugada e a polícia usou gases lacrimogêneos para dispersar e prender nove pessoas.

dm-jd/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.