Violência ligada às drogas faz mais 25 vítimas no México

Vinte e cinco pessoas morreram desde domingo em acertos de contas entre cartéis de traficantes de drogas no norte do México, oito das quais foram assassinadas em um bar de Ciudad Juarez, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades judiciais locais.

AFP |

Um grupo de pelo menos seis assassinos invadiu o bar às 01H30 desta segunda-feira (03H30 de Brasília) e matou o dono do estabelecimento e sua mulher, antes de voltar suas armas contra os clientes. Oito pessoas morreram e quatro ficaram feridas, segundo a justiça.

Domingo à tarde, seis homens vestindo uniformes pretos mataram seis homens em uma casa de uma localidade próxima a Ciudad Juarez, a cidade mais violenta do México.

A maioria das outras vítimas foram mortas em diversos bairros de Ciudad Juarez, uma cidade de 1,3 milhão de habitantes na fronteira com os Estados Unidos onde os cartéis travam uma guerra sangrenta pelo controle do tráfico e da exportação das drogas para o país vizinho, o maior consumidor de cocaína do mundo.

Esta guerra já provocou a morte de mais de 10.000 pessoas no México desde o dia 1º de janeiro de 2008, apesar da mobilização de mais de 36.000 militares e policiais em todo o país.

str/yw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG