Novos enfrentamentos foram registrados neste sábado em Nápoles (sul da Itália) entre a polícia e pessoas que se opõem à decisão do governo de confiscar um terreno para instalar um depósito de lixo, informaram fontes municipais, que dão conta de um ferido nos distúrbios.

"Acabamos de ser atacados pela polícia, é muito violento, uma pessoa caiu de um muro e quebrou a perna", declarou à AFP Massimo Nuvoletti, tenente prefeito de Marano, cidade na fronteira com Chiaiano (periferia noroeste de Nápoles), onde o governo de Silvio Berlusconi pretende instalar um depósito com capacidade para 700.000 toneladas de lixo.

Durante os enfrentamentos, um jovem caiu do alto de um muro de 5 metros de altura, informou a mídia italiana.

O governo apresentou na sexta-feira uma lista com 10 locais confiscados para serem transformados em depósitos de lixo, cujo objetivo é absorver as montanhas de lixo espalhadas pelas ruas de Nápoles.

Berlusconi anunciou uma série de medidas, como a proteção militar às áreas escolhidas para abrigar os novos depósitos, e ameaçou prender por até um ano qualquer pessoa ou organização que bloqueie ou dificulte o uso dos novos lixões.

kd/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.