Violência em Bagdá diminui 89% em agosto; redução é relativa a 2006 e 2007

BAGDÁ - A violência em Bagdá em agosto diminuiu 89% em comparação com o mesmo mês dos anos de 2006 e 2007, informou o porta-voz das operações de segurança na capital, Qasem Ata.

EFE |

O funcionário fez o anúncio em uma entrevista coletiva, segundo a agência independente de notícias "Aswat al-Iraq".

"A média de ações de violência na capital entre 1º e 26 de agosto caiu 89 %. Isso indica que os grupos terroristas sofreram uma derrota", destacou o porta-voz na coletiva.

Ata disse ainda que as operações militares em todas as regiões de Bagdá também diminuíram em relação aos meses de agosto dos dois últimos anos.

Por outro lado, o funcionário ressaltou que as tropas da coalizão descobriram recentemente um grande paiol em uma casa da capital.

A violência em Bagdá começou a diminuir em fevereiro do ano passado, quando entrou em vigor um plano de segurança com a participação de dezenas de milhares de soldados iraquianos e americanos.

Analistas locais atribuem a diminuição da violência ao apoio que os chamados Conselhos de Salvação - milícias árabes sunitas - têm dado às forças iraquianas e à coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

Leia mais sobre Bagdá

    Leia tudo sobre: bagdáiraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG