Violência deixa três mortos e 27 feridos no Iraque

Bagdá, 8 set (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram hoje e outras 27 ficaram feridas em mais um dia de violência em Bagdá e em Mossul, a 400 quilômetros ao norte da capital iraquiana, segundo fontes do Ministério do Interior.

EFE |

As fontes afirmaram que uma mulher morreu e outras seis pessoas ficaram feridas por disparos feitos por homens que faziam a escolta do ministro da Emigração iraquiano, Abdul-Samad Rahman, no centro de Bagdá.

Aparentemente, os guarda-costas começaram a atirar ao suspeitarem que seriam atacados, quando o comboio passava pelo bairro de Al Alawi, em Bagdá, segundo as fontes.

Em outro incidente, uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas na explosão de uma bomba durante a passagem de uma patrulha da Polícia pelo bairro de Al Karrada, no centro da capital.

Pelo menos 11 civis ficaram feridos no leste de Bagdá em outra explosão em circunstâncias parecidas na rua Palestina. O incidente também causou danos materiais em vários prédios e lojas da região.

Os disparos dos insurgentes atingiram três funcionárias do Ministério do Comércio iraquiano e deixaram um motorista gravemente ferido. Os rebeldes atiraram de dentro de um carro contra o veículo no qual estavam as vítimas em Al Yadida, no sul de Bagdá.

Em Mossul, um policial morreu e quatro civis ficaram feridos na explosão de um carro-bomba estacionado perto de um posto de controle da Polícia.

A explosão, que aconteceu no bairro de Bab Singar, também causou danos em vários carros e lojas da área. EFE am/wr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG