Vinte soldados sudaneses morrem em confrontos com rebeldes em Darfur

Cartum, 13 abr (EFE).- Pelo menos vinte soldados do Exército sudanês morreram neste sábado à noite em confrontos contra os rebeldes do Movimento de Justiça e Igualdade (MJI) em Darfur, no oeste do Sudão, disseram hoje à Agência Efe fontes governamentais.

EFE |

As fontes disseram que os combates ocorreram entre as forças de segurança e dois grupos do MJI na zona de Kishkish, ao noroeste da cidade de Al-Juneina, capital de Darfur oeste.

O porta-voz do Exército sudanês, Osman Mohamed al-Aghbash, disse aos jornalistas que os rebeldes procediam do vizinho Chade e que cruzaram a fronteira para "tomar o controle da região" de Darfur.

Segundo Aghbash, os confrontos duraram três horas e causaram também "várias" baixas nos rebeldes, entre eles várias "pessoas conhecidas do Chade".

Em seu site, o MJI afirmou hoje que seus militantes atacaram ontem à noite um acampamento do Exército sudanês no oeste de Darfur.

O movimento também afirmou que "destruíram totalmente o acampamento e mataram um grande número de membros das tropas governamentais, cuja apuração continua".

O MJI acrescentou que seus milicianos dispararam contra um "helicóptero (supostamente do Exército sudanês) no campo de batalha". EFE az/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG