Vinte pessoas morrem em acidente com submarino nuclear russo

Por Guy Faulconbridge MOSCOU (Reuters) - Vinte pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas em um acidente com um submarino nuclear russo no Oceano Pacífico, disse a Marinha do país neste domingo. É o maior desastre desse tipo desde que o Kursk afundou há oito anos.

Reuters |

Um porta-voz da Marinha russa declarou que havia 208 pessoas à bordo do submarino quando ocorreu o acidente com o sistema para combater incêndios, durante treinamentos. Segundo o porta-voz, o reator nuclear ficou intacto, e os níveis de radiação são normais.

Citado por agências de notícias russas, o capitão Igor Dygalo afirmou que 20 pessoas morreram no acidente. Antes, ele havia falado em pelo menos 20.

De acordo com o capitão, o submarino após o ocorrido retornou a uma base naval no Pacífico. Ele não deu o nome da embarcação e nem especificou em que local ocorreu o acidente.

Muitos dos mortos eram funcionários da empresa que construiu o submarino, segundo a própria empresa, a Amur, em declarações reproduzidas pela imprensa russa.

O presidente do país, Dmitry Medvedev, ordenou a abertura de um inquérito, afirmou a asessoria de imprensa do Kremlin.

O número de 20 mortos faz deste acidente o pior da Marinha russa desde que o submarino nuclear Kursk afundou em 2000, e 118 marinheiros morreram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG