Vinte e cinco operários morrem em incêndio em mina de carvão na China

Pequim - Vinte e cinco trabalhadores morreram e pelo menos três permanecem presos após o incêndio de uma mina de carvão da província central chinesa de Hunan, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

O incêndio aconteceu na tarde de ontem, terça-feira, na mina Lisheng, em Tanjiashan, na jurisdição da cidade de Xiangtan.

Aparentemente, o fogo se iniciou em cabos subterrâneos, quando 70 pessoas trabalhavam no interior do poço. Destes, 43 conseguiram escapar.

O fogo foi apagado e os sistemas de ventilação continuam funcionando no interior do poço, por isso as equipes de resgate mantêm a esperança de retirar com vida os homens que ainda estão presos.

Por outro lado, o número de mortos em outro acidente em uma mina ocorrido nos últimos dias aumentou a 11 depois que foi encontrado outro corpo na mina Malishu, da província de Yunnan (sudoeste), onde aconteceu uma explosão no último dia 28 de dezembro.

As minas de carvão chinesas são as mais perigosas do mundo, com 3.215 mortos em 2008, segundo dados da Administração Estatal de Segurança Laboral do país.

Leia mais sobre: minas de carvão

    Leia tudo sobre: chinachinesesmina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG