Vietnã permite terceiro filho a casais em determinadas condições

Hanói, 10 mar (EFE).- O Vietnã autorizará os casais a ter uma terceira criança em certas circunstâncias especiais, informou uma circular publicada hoje na imprensa oficial do país comunista.

EFE |

O Departamento de População determinou um total de sete supostos: gêmeos ou trigêmeos nascidos depois do primeiro filho, casais com filhos de casamentos anteriores, com filhos mortos ou deficientes, mulheres que tenham dado à luz a um máximo de duas crianças antes de se casarem, ou mães de minorias étnicas de menos de 10 mil membros.

O Vietnã adotou uma política oficial de no máximo dois filhos, assim como a China de Mao Tsé-tung, pouco depois do final da guerra com os Estados Unidos em 1975, quando o país sofria uma grave carência de recursos e precisava controlar seu crescimento demográfico.

No entanto, o regime vietnamita nunca chegou aos extremos do chinês, que castiga os infratores. A maior punição registrada era a negação da promoção interna em empresas estatais.

Além disso, o zelo das autoridades diminuiu ainda mais a partir de 2003, quando o Governo vietnamita assinou vários acordos internacionais sobre planejamento familiar e direitos da mulher. EFE mat/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG