Vietnã critica China por incluir em seu território ilhas que estão em disputa

Hanói, 30 dez (EFE).- O Governo do Vietnã condenou uma nova legislação chinesa sobre segurança, que inclui no território do país ilhas Paracel e o arquipélago das Spratly, territórios cuja soberania os vietnamitas reivindicam, assim como outros países, informou hoje a imprensa.

EFE |

"Todas as ações de outras nações, incluídas as promulgações de regulações relacionadas com este arquipélago (Spratly) e a Zona Econômica Especial do Vietnã (Paracel), necessitam de valor legal", assegurou o porta-voz do Governo de Hanói, Nguyen Phuong Nga, segundo o jornal "Vietnã News".

Os legisladores chineses aprovaram no último dia 26 uma lei marinha que abrange a exploração de recursos naturais e exploração ambiental, proibindo o turismo e a poda de árvores, entre outras atividades.

A China ocupa as ilhas Paracel desde que desalojou os vietnamitas do local, em 1974. Os países assinaram em 2002 um pacto para solucionar a disputa através de diálogo, com a intenção de reduzir a tensão na região.

Brunei, China, Filipinas, Malásia, Taiwan e Vietnã disputam, total ou parcialmente, as ilhas Spratly, em um litígio que ganhou força nos anos 80 quando, foram descobertas grandes jazidas de petróleo e gás na zona. EFE mat/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG