Videogame permite disputa em tempo real em corrida de F-1

Uma empresa holandesa está desenvolvendo uma tecnologia de videogame que permite aos jogadores competirem com pilotos de Fórmula 1 em tempo real, durante uma corrida de verdade que está passando ao vivo na televisão.

BBC Brasil |

O jogo desenvolvido pela iOpener Media capta os dados de GPS da Fórmula 1 em tempo real e os transmite para o console de videogame.

"Está claro que a próxima moda de gaming será trazer objetos reais para o mundo virtual, jogando não com outros usuários, mas contra pessoas que estão praticando o esporte de verdade", disse Andy Lurling.

"Você pode competir contra os melhores."

Nova tecnologia

A Agência Espacial Européia (Esa, na sigla em inglês) ficou impressionada com a proposta da iOpener Media e investiu dinheiro no projeto. Uma empresa alemã também está financiando o trabalho.

Os testes com carros de F-1 já foram realizados. O jogo pode chegar no mercado ainda em setembro deste ano.

Lurling diz que a iOpener vai desenvolver apenas a tecnologia do jogo. A empresa ainda está procurando um parceiro para desenvolver todo o game.

O sistema que é usado pelo jogo é o GPS diferencial (DGPS), usado na navegação de aeronaves e navios. O DGPS utiliza estações que corrigem falhas no sinal de GPS transmitido pelos carros de F-1.

"Com isso, nós podemos determinar o local e a velocidade do carro", diz Lurling.

O jogo também utiliza uma unidade de medida inercial (IMU), o mesmo sistema usado para mísseis guiados. O IMU mede aceleração, ângulos e guinada dos carros.

"O IMU nos dá a precisão em curtas distâncias. Combinado com o DGPS, podemos determinar a localização do carro com margem de erro inferior a 30 centímetros", diz o diretor da iOpener.

Outros dados - como as marchas dos carros e a aceleração - são fornecidos por telemetria.

Todas as informações são mandadas para um servidor que os retransmite para os consoles de videogame. O atraso entre a emissão e a recepção dos dados é de até cinco segundos, semelhante ao atraso que ocorre em transmissões de televisão.

"Também é possível gravar informações, então você pode jogar em tempo real ou gravar os dados e jogar outra hora."
Além da tecnologia, a empresa está desenvolvendo um software de inteligência artificial para corrigir algumas incompatibilidades entre o jogo virtual e a corrida real.

"Se (o piloto Lewis) Hamilton estivesse dirigindo atrás de você (no jogo), ele não conseguiria enxergar você, então ele atravessaria seu carro. Neste ponto, a inteligência artificial adapta a situação e o que você vê no jogo é uma ultrapassagem bastante realista", diz Lurling.

Além da F-1, a iOpener também pretende usar a tecnologia para desenvolver outros jogos no futuro, como ciclismo, ski e snowboarding.

Gareth Wilson, diretor de outra empresa de games, a Bizarre Creations, disse à BBC que a proposta da iOpener deve atrair mais os fãs de Fórmula 1, que seriam uma minoria entre os jogadores de videogame.

"Fórmula-1 e outros jogos complexos de simulação estão sendo cada vez menos consumidos em massa hoje em dia", diz ele.

"Esse tipo de tecnologia provavelmente agradaria usuários intensivos de videogame ou fãs de Fórmula 1 mais do que o usuário comum. Mas dito isso, acredito que os usuários mais intensivos adorariam esse jogo."

Leia mais sobre videogame 

    Leia tudo sobre: videogame

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG