Um vídeo que sugere que software que opera câmeras de reconhecimento facial para laptops HP não detectam rostos negro teve mais de um milhão de acessos no site YouTube. O vídeo, colocado no site em meados deste mês, mostra Black Desi (Negro Desi) e sua colega White Wanda (Branca Wanda).

Quando Wanda, uma mulher branca, fica diante da tela, a câmera faz zoom no rosto dela e se movimenta na medida em que ela se movimenta.

Mas quando Desi, um homem negro, faz a mesma coisa, a câmera não reage da mesma forma - não acompanha os movimentos dele.

O clip tem um tom bem humorado mas traz o título "computadores HP são racistas".

"Black Desi" também diz que o computador é "racista".

"E o pior é que eu comprei um para o Natal", diz ele. "Eu espero que a minha mulher não veja este vídeo do YouTube, mas eu comprei o mesmo computador e nós não podemos nem usar."
Um porta-voz da empresa disse à BBC: "A HP foi informada de um problema potencial com o software de reconhecimento facial, inclusive em alguns de seus sistemas, que parece ocorrer quando a iluminação na parte da frente é insuficiente."
"Nós levamos isso a sério e estamos examinando o problema junto aos nossos parceiros."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.